Análise – Smartphone Meizu M5

Lançado em Outubro deste ano, o Meizu M5, mais novo Smartphone da linha M da chinesa Meizu, traz consigo um ótimo hardware, bateria surpreendente e ainda sensor de impressão digital como destaque que eleva seu patamar diante de intermediários concorrentes de outras marcas, quer saber mais sobre este aparelho? Veja agora uma análise que o Tecduos preparou para você.

Meizu M5

m5
Meizu M5 (Reprodução/Internet)

Designer e construção

Começando por esses dois quesitos posso dizer que o aparelho não falha em nenhum, construído em policarbonato e vidro na tela o dispositivo de 8mm de espessura e 138g de massa é bonito e bastantes “Clean”, não há exageros robustos ou qualquer coisa que chame muita atenção. Na frente temos uma tela que salta nas bordas (o que é ótimo), o botão principal é grande, a saída de som e a câmera frontais são bem discretas e o conjunto lembra a frente do iphone 6. Nas laterais temos botoes padrões de volume e on\off bem integrados, além da entrada para os cartões SIMs. Na parte de baixo encontra-se uma entrada de fone de ouvidos padrão e a entrada de força e conectividade, uma mini USB 2.0, saída de som principal e microfone também estão presentes como podem ver na imagem acima.

m5
(Reprodução/Internet)

Nada de mais no fundo, apenas a Câmera com o flash e o logo da empresa (um pouco mais em baixo há um pequeno e irrelevante texto) como acontece em praticamente todos os Smartphones não é mesmo.

Vale dizer que o aparelho está disponível em cinco cores diferentes, são elas: Branco, Verde menta, Ouro champanhe, Azul e Preto fosco. Um pouco disso vocês puderam ver na imagem de abertura da matéria.

Tela

(Reprodução/Internet)

Como havia dito, a tela salta nas bordas fazendo uma curvinha e isso é muito agradável para mexer além de dá um toque charmoso no objeto. São 5.2 polegadas (tamanho super bem aceito atualmente, nem muito grande nem muito pequena), em um vidro totalmente laminado como nos Ipads da apple. IPS LCD com resolução HD (1280 x 720) a 282 ppi, e destaque para a tecnologia de brilho Blue light filter da Meizu que segundo a empresa reduz o cansaço visual. Bom para usar na cama antes de dormir

Performasse e conectividade

sem-titulo
(Reprodução/Internet)

Saindo da área visual vamos entrar na parte sistemática da coisa, o Meizu M5 roda no Android 5.0 LollipoP junto ao Flamy OS 5.0 da Meizu. Está disponível nas versões com 16 ou 32 gigas de memoria interna, ambas sem possibilidade de expansão via cartão micro sd. Conta com um processador Octa core, mais precisamente um Cortex – A53 que funciona com um quad-core de 1.5 GHz junto a outro quad-core de 1.0GHz, acompanhando 2 ou 3 gigas de memoria RAM (dependendo da versão, 16 ou 32 gigas internos respectivamente). O conjunto não é um dos mais potentes do mercado mas consegue sem exitar fazer seu trabalho de forma fluida na usabilidade geral e potente no quesito aplicativos.

Na questão conectividade, além de ser DUA SIM, temos um kit padrão: 4G, wifi 802.11 que comporta redes A B G e N, Bluetooth 4.0 e GPS glonass.

Câmeras

m5 camera
(Reprodução/Internet)

Com 13mp e uma abertura f2.2, a câmera principal do Meizu M5  traz ótima qualidade e bastante detalhes aparentes nas suas fotos em até situações de baixa luminosidade, além de ter um dual-flash, Auto foco rápido e gravar em até full hd a 30 fps com estabilização. A câmera fontal tem 5 mp, e conta com um detector de face, cumpre bem seu objetivo.

Bateria

m5 bateria
(Reprodução/Internet)

A Meizu equipou seu M5 com uma incrível bateria de 3070 mAh, essa grande amperagem possibilita muitas horas ininterruptas no Smartphone, principalmente quando o uso é moderado, mas não deixa a desejar em uso mais abusado. De qualquer forma, ao comparar o Meizu M5 com qualquer outro Smartphone intermediário, sua bateria já lhe garante pontos de vantagem, sejamos sinceros, uma boa bateria como a do M5 é de suma importância para qualificarmos uma visão geral de qualquer dispositivo como ótimo.

Recursos extras

Como foi citado na introdução,  o Meizu M5 possui um sensor de impressão digital, a empresa chama de mTouch, o sensor mostra facilidade na configuração e rapidez  (cerca de 0,2 segundos para reconhecimento) nas demais tarefas em que é requisitado. Ta aí outro fator que eleva a pontuação do Meizu M5.

m5 mtouch
(Reprodução/Internet)

Conclusão

Posso concluir que o Meizo M5 é um dos melhores Smartphones intermediários, com um designer simples e elegante, um hardware potente, uma bateria que faz bonito e ainda uma tela HD e um sensor de digitais, com certeza vale a pena adquiri-lo, esperamos que essa analise tenha sido útil para você. O TecDuos agradece sua escolha, qualquer duvidas comente!

Tenha bons dias.