Análise Completa | Lenovo Moto G4 Plus

moto-g-plus
Moto G4 Plus (Reprodução/Internet)

Lançado em meados de 2016, o Moto G4 Plus, intermediário da Motorola que hoje está nas mãos da Lenovo, fez muito sucesso no mercado Brasileiro, trazendo algumas novidades interessantes em relação a geração passada, o Moto G 2015, mas não evoluiu muito em relação ao Moto G3 Edição Turbo, lançado um pouco antes. Será que ainda vale apena comprar esse aparelho mesmo após pouco mais de 7 meses da data de seu lançamento? Vamos descobrir agora!

Design:

img-20170108-wa0026 img-20170108-wa0027

O aparelho continua trazendo uma carcaça em plástico com sua tampa traseira removível e personalizável através do Moto Maker, porém houve uma mudança significativa na parte traseira do dispositivo, a curvatura presente nas gerações anteriores para ajudar na pegada do aparelho foi praticamente removida e com o aumento da tela de 5″ para 5.5″ , as mãos pequenas vão sofrer um pouco para segurar esse aparelho com um certo conforto, mas para quem curte mesmo tela grande, temos uma generosa aqui e falaremos dela logo abaixo.

Tela:

A Tela do Moto G4 Plus tem 5.5″ com uma resolução de 1920×1080(full hd), a tela também conta com uma tecnologia IPS, que deixa as cores mais vivas. No meu uso, notei um tom um pouco amarelado nas cores mas nada que atrapalhe gravemente, ver vídeos e filmes aqui é extremamente confortável e nítido por conta da sua resolução. Felizmente para uns e infelizmente parar outros, o dispositivo conta com botões virtuais, que tomam um pouco da tela para serem exibidos, mas que desaparecem ao executar mídias no aparelho, como vídeos e alguns jogos. O Brilho da tela também é bem alto e não decepciona sob o sol, ao ligar o modo automático, percebi uma certa lentidão ao fazer a regulagem do brilho de acordo com a luz disponível, mas nada que atrapalhasse tanto.

Desempenho:

O Moto G4 Plus conta com um processador Qualcomm Snapdragon 617 MSM8952 de 8 núcelos, sendo que 4 deles são de baixo consumo e rodam a 1.2Ghz e os outros 4 são voltados para alto desempenho e possuem um clock de 1.52 Ghz. O Aparelho roda praticamente todos os jogos disponíveis na Play Store até o momento, mesmo que uns ou outros exijam que você reduza um pouco a qualidade gráfica para funcionar, mas dos jogos que testei (Asphalt 8, Real Racing 3, GTA San Andreas, Modern Combat 5), todos funcionaram.

No dia a dia a situação se repete, abre os apps rapidamente e faz a troca entre eles de forma bem eficiente também, porém no meu uso diário, notei que ele esquenta um pouco a mais que o desejado ao executar aplicativos e jogos, não chega ao ponto de não conseguir segurar o aparelho, mas incomoda um pouco.

screenshot_20170108-124558

Câmera:

A Câmera traseira do aparelho tem uma resolução de 16MP e conta com 2 tipos de foco para ajudar a tirar suas fotos mais rapidamente, o PDAF e o Foco Laser. A mesma tira ótimas fotos em boa luz, mas como todo intermediário, a qualidade cai bastante em luz baixa. O Foco do dispositivo ajuda bastante na hora de tirar aquelas fotos macro com o fundo desfocado. A Frontal cumpre seu papel, mas não é nada que chame a atenção, são apenas 5MP, com “flash” via software, possui uma qualidade boa, mas para a faixa de preço poderia ter pelo menos 8MP né Lenovo? Ah, e vale lembrar que ambas as câmeras filmam em FullHD 1080P e em câmera lenta também. Seguem algumas fotos tiradas com a traseira do dispositivo.

img_20161203_162027067 img_20161119_113632785 img_20161114_133148748 img_20161203_161838516_hdr

Sistema:

O Android presente no dispositivo é o 6.0.1 MarshMallow, com soak test da versão 7.0 Nougat já liberada, o que indica que a atualização oficial para o novo sabor está bem próxima e a Lenovo ja confirmou até para o próximo Android. A Interface é a já conhecida na linha Moto, Android quase puro e com alguns recursos já bem conhecidos pelos usuários como a Moto Tela e outros gestos que ficam no aplicativo “Moto” já embarcado de fábrica no aparelho. Seguem prints do sistema abaixo

screenshot_20170108-123658 screenshot_20170108-123654 screenshot_20170108-124233

Bateria:

A Bateria do aparelho conta com 3000mah, com tecnologia Turbo Power, para carregamento rápido do aparelho, que por sinal é bem eficiente, carregando 100% da sua bateria em cerca de 1h30. Por ter uma tela full hd embarcada no G4 Plus, a bateria não tem a melhor duração possível, mas cumpre seu papel, dura um dia tranquilamente utilizando vários aplicativos e redes sociais, porém ao jogar, é possível que você tenha que recarregar seu aparelho antes do final do dia.

screenshot_20170108-123621

Conclusão:

No Geral, é uma ótima opção se tratando de um intermediário Premium na faixa dos 1300R$, hoje em dia existem outros aparelhos na mesma faixa de preço que batem de frente com o G4 Plus, mas vai da necessidade de cada um, ver o que mais lhe interessa no dispositivo e escolher. Aqui vão os pontos positivos e negativos para ajudar na escolha:
Prós:

  • Desempenho satisfatório para a faixa de preço
  • Conjunto de câmeras muito bom
  • Bateria realmente dura o dia todo
  • Qualidade da tela é boa, mas uma Amoled seria muito bem vinda.

Contras:

  • Carcaça do aparelho ainda feita de plástico
  • Lente da câmera arranha com certa facilidade
  • Aquece facilmente, principalmente ao carregar e ao executar alguns jogos.

 

 

Guilherme Alves

Um jovem apaixonado por tecnologia, que gosta de trazer ao seu público diversas novidades. Apresentador do canal TecDuos e Info Android.

Loading...

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/u0264235/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743