Battlefield 1: o que fazer se você for banido do jogo injustamente

O modo multiplayer de Battlefield 1 é extremamente competitivo e acaba sendo levado muito a sério tanto por jogadores quanto pela Electronic Arts. A empresa, inclusive, possui sistemas automatizados em funcionamento que detectam e bloqueiam o acesso ao game por usuários que sejam identificados como trapaceiros. O problema é que, às vezes, quem joga de forma legítima também pode acabar sendo banido.

Recentemente a EA, ao lado da desenvolvedora DICE, modificaram o sistema. Saiu o PunkBuster, software utilizado em boa parte dos jogos de tiro em primeira pessoa do mercado, e entrou o FairFight, que, de acordo com as empresas, é capaz de analisar não só os sistemas em funcionamento, como também o histórico dos jogadores, detectando aqueles que possuem um desempenho positivo muito acima do normal.

A mudança foi bem vista principalmente pelos jogadores de PC, onde estão a maioria dos trapaceiros, mas também acabou afetando uma pequena parcela de usuários legítimos. E, para piorar, os atingidos eram soldados com ótimo desempenho, que estavam no topo dos rankings de líderes e foram confundidos pelo sistema por causa de sua habilidade.

Caso você seja banido injustamente de Battlefield 1, confira o que fazer para tentar reverter a situação:

(Reprodução/Internet)

Como saber se uma conta foi banida

Não existe muita dúvida nesse quesito. Caso seu perfil tenha sido bloqueado, independentemente da plataforma, você será impedido de acessar o modo multiplayer de Battlefield 1. Uma mensagem de erro também será exibida na tela, principalmente na versão PC, informando um código de erro e o sistema utilizado para o impedimento.

Apesar disso, é importante citar que o banimento em um jogo não significa que o mesmo acontecerá com outros. Se sua conta foi impedida de acessar o multiplayer de Battlefield Hardline, por exemplo, você poderá jogar Battlefield 1 sem problemas, e o mesmo vale para outros games da Electronic Arts.

(Reprodução/Internet)

Como recorrer do banimento

Caso você acredite que sua suspensão aconteceu por um engano, é possível entrar em contato diretamente com a EA para resolver o assunto. Isso deve ser feito diretamente pelo e-mail de suporte da empresa: lets_talk@ea.com. Apesar de o atendimento estar disponível para todo o mundo, ele acontece apenas em inglês.

Felizmente, a EA solicita apenas informações básicas, dadas de forma simples, para iniciar o processo de apelação de um banimento. No assunto do e-mail, escreva “Banned Account – ‘Nome do jogo’ – ‘nome de usuário’”, para que a mensagem seja redirecionada para o departamento correto.

Na sequência, indique as seguintes informações, não em um texto corrido, mas ponto a ponto. Os termos em inglês estão indicados na lista para serem utilizados:

(Reprodução/Internet)

Nome e sobrenome;
Game em que o banimento ocorreu;
Nome de usuário (ID no Origin, PSN ou Xbox LIVE);
E-mail associado à conta;
Cópia física (physical) ou digital (digital);
Conta banida (banned) ou suspensa (suspended);
Mensagem de erro recebida, se existir.

Após digitar as informações, detalhe melhor o problema logo depois, dando mais detalhes como, por exemplo, o dia e horário em que o banimento foi identificado ou eventuais razões que você acredita terem sido responsáveis pelo engano. Caso tenha recebido um e-mail informando sobre o bloqueio, pode ser interessante colar a mensagem aqui.

(Reprodução/Internet)

De acordo com a Electronic Arts, todas as mensagens são respondidas em até 72 horas, mas em alguns casos, maior tempo de investigação pode ser necessário. Além disso, a empresa não garante que todos os pedidos serão atendidos, mas certifica os usuários de que, em caso de irregularidades, o acesso será restabelecido normalmente.
No caso de suspensões, entretanto, a EA pede que os usuários não entrem em contato, uma vez que o tempo de resposta supera seu período de aplicação, que costuma ser de 24 a 48 horas. A empresa solicita que os jogadores a informem sobre o assunto apenas em caso de repetidas ocorrências, sem que o jogador tenha feito nada para justificá-las.

O que você está de Battlefield 1? Compartilha suas histórias de guerra nos comentários logo abaixo.

Ainda não visitou as nossas redes sociais? Siga agora mesmo o nosso Instagram: @tecduos e Twitter: @tecduos.Se inscreva no nosso canal no Youtube: TecDuos e passe a acompanhar as nossas análises e notícias do ramo tecnológico.

Gostou da matéria? Deixe sua opinião nos comentários.

 

 

Guilherme Alves

Um jovem apaixonado por tecnologia, que gosta de trazer ao seu público diversas novidades. Apresentador do canal TecDuos e Info Android.

Loading...