Claro e John Deere anunciam colaboração para a conectividade no campo

A Claro e a John Deere anunciam colaboração para levar efetivamente a agricultura 5.0 ao campo brasileiro, a partir de modelo inédito no qual o produtor não precisa fazer investimentos próprios em infraestrutura de telecomunicações. Estes investimentos serão feitos pela Claro, por meio da instalação de novas antenas em áreas rurais brasileiras.

Claro e John Deere anunciam parceria para levar conectividade ao campo - TecDuos
(Reprodução/Internet)

Esta solução, chamada Campo Conectado, permite a geração, cruzamento e tratamento de dados através de análise em tempo real (analytics), autoaprendizado das máquinas (machine learning) e da inteligência artificial para a tomada de decisões em tempo real. Com a cobertura no campo, as operações ficam mais inteligentes, aumentando a eficiência, melhorando a competitividade e a sustentabilidade da produção, além de abrir portas para outros usos, como telemedicina e educação à distância.

“Para a agricultura brasileira isso é um divisor de águas. Em tempos complexos como o que vivemos hoje, destravar o progresso no campo por meio da tecnologia é fundamental para promover a reativação econômica de que o país precisa”, diz Paulo Herrmann, presidente da John Deere Brasil.

“A conectividade é um dos principais desafios no interior do Brasil e nós estamos assumindo o compromisso de impulsionar a cobertura do sinal no campo, o que significa um aumento de alcance para mais 15 milhões de hectares produtivos em áreas rurais”, diz José Felix, presidente da Claro. Hoje em dia, a operadora já tem mais de 85 milhões de hectares cobertos no território nacional.

Claro e John Deere anunciam parceria para levar conectividade ao campo - TecDuos(2)
(Reprodução/Internet)

Com um portfólio completo de máquinas aptas à conexão, somado à capilaridade da sua rede de concessionários com mais de 270 pontos de atendimento, a John Deere consolida o alcance destas soluções a todos os produtores rurais brasileiros. Os clientes poderão adquirir, através da rede de concessionários John Deere, máquinas agrícolas com tecnologia embarcada para acesso à internet, potencializando todos os benefícios do ecossistema de agricultura de precisão e gerenciamento de dados em tempo real disponíveis em seus equipamentos. Vale ressaltar que a John Deere já conta com 20 mil máquinas em campo aptas para serem conectadas. Para as máquinas que necessitam de modem, a John Deere oferece um novo kit de conexão.

Internet das Coisas

A Claro, através de seu portfolio Claro Smart Agro, também levará aos produtores rurais soluções de Agricultura Digital e Silos Conectados. Nessas soluções, dados relevantes como umidade do solo e do ar, temperatura, índices de NDVI (Normalized Difference Vegetation Index – que fornecem informações sobre a saúde da vegetação, evapotranspiração das plantas) e informações meteorológicas são coletados através da sensores conectados à rede celular.

Esses dados são tratados com o uso de análise de dados e fornecem informações importantes para o gerenciamento das atividades agrícolas, possibilitando o diagnóstico para medidas corretas sobre irrigação, pulverização e até para controle e manutenção da qualidade do grão armazenado.

O Campo Conectado tem um padrão de conectividade desenvolvido para permitir maior expansão de sinal por antena. Os dados trafegam de forma otimizada, possibilitando o amplo alcance de sinal, com maior largura de banda, menor latência (tempo necessário para que um pacote de dados passe de um ponto para o outro) e economia de energia.

A Claro e a John Deere anunciam colaboração para levar efetivamente a agricultura 5.0 ao campo brasileiro
(Reprodução/Internet)

Com o Campo Conectado e o gerenciamento das propriedades em tempo real, são previstos menores gastos em sementes, utilização mais racional de fertilizantes e defensivos agrícolas, diminuição de uso de combustível fóssil, redução de perdas agrícolas e aumento da rastreabilidade na cadeia alimentar. Em outras palavras, a conectividade traz mais produtividade ao campo, maior segurança alimentar, um controle mais rígido da produção e redução de emissão de gases de efeito estufa.

A operacionalização e aplicação dos serviços será feito pela Rede de Concessionários John Deere em colaboração com a empresa SOL Intermediação de Negócios e Gestão de Ativos . “Nosso papel é apoiar a Rede de Concessionários John Deere no entendimento das necessidades dos clientes e apresentar a eles as soluções mais adequadas dentro do portfólio de conectividade oferecido pela Claro, a fim de melhorar a produtividade”, destaca Rodrigo Oliveira, CEO da Sol.

Claro e John Deere acreditam que, mais do que conectar máquinas, conectamos pessoas a uma vida melhor.

 

Compartilhe seu amor
Guilherme Alves
Guilherme Alves

Maranhense, fascinado pela tecnologia! Sou estudante de Engenharia de Computação na Universidade Federal do Ceará (UFC). Fundador do site e canal TecDuos, focado em notícias e análises de produtos no mundo da tecnologia. Trabalho com Edições de Vídeos, Web Designer e Marketing Digital. Sempre estou buscando obter soluções para os problemas em minha volta, adquirindo mais conhecimento em diversas áreas. Vamos embarcar juntos nessa?

Artigos: 694

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *