Petição online reúne mais de 150 mil assinaturas contra o nova atualização do Instagram

O Instagram vai mudar em breve.  A rede social passará a ordenar as publicações por relevância. A decisão foi motivo para milhares de usuários organizarem uma petição online que pede o fim dessa futura atualização.

No site Change.org, uma campanha lançada recentemente já conta com mais de 150 mil assinaturas (70 mil só nas primeiras 24 horas) de usuários que não querem que o Instagram abandone a exibição de postagens na ordem cronológica. Para os organizações da petição, a mudança terá um grande impacto negativo.

“O Instagram nos avisou que ouvirá nosso feedback para tomar a decisão certa. Então, se você não quer que sua timeline seja exibida em uma ordem na qual você não tem controle algum e prefere um feed no formato cronológico atual, ou, pelo menos, tenha a opção de escolher o tipo de feed que você deseja, por favor assine a petição. Assim o Instagram pode tomar nosso feedback”, diz a mensagem na página da petição.

Desde que muitos usuários se manifestaram contra as mudanças, o Instagram ainda não se manifestou. A rede social disse anteriormente que está ouvindo o que a comunidade tem a dizer. Em todo o caso, é estranho o Instagram querer adotar esse modo de organização.

O Instagram é apenas mais uma das plataformas sociais que pretende adotar um sistema de exibição baseado naquilo que pode ser mais relevante para o usuário. O Facebook já utiliza esse método há algum tempo, e há um mês o Twitter também aderiu a novidade.

Compartilhe seu amor
Guilherme Alves
Guilherme Alves

Maranhense, fascinado pela tecnologia! Sou estudante de Engenharia de Computação na Universidade Federal do Ceará (UFC). Fundador do site e canal TecDuos, focado em notícias e análises de produtos no mundo da tecnologia. Trabalho com Edições de Vídeos, Web Designer e Marketing Digital. Sempre estou buscando obter soluções para os problemas em minha volta, adquirindo mais conhecimento em diversas áreas. Vamos embarcar juntos nessa?

Artigos: 730

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *