Hoje, completou 5 dias que chegou meu Xiaomi Mi8. Já havia falado minhas primeiras impressões, mas agora posso falar um pouco mais sobre ele…


O principal ponto, é a câmera, Xiaomi tem “má fama” por ter trazido uma câmera inferior nos outros modelos. Mas agora, essa câmera finalmente se equipara a outros tops de linha. Antes de usar ele, estava com um P20, e posso afirmar que a câmera dele é tão boa quanto (perde feio no modo manual). Na frontal, o Mi8 é visivelmente melhor, traz uma maior riqueza de detalhes e um modo “retrato” também melhor.
O IA do P20 é melhor, mas o do Mi8 está longe de ser ruim…
Outro ponto bastante interessante, é a bateria, assim como o P20 ele tem 3400mah, mas no Mi8 tem uma tela de 0,4 polegadas maior (6,21″ do Mi8 contra 5.8″ do P20).
Incrivelmente a bateria do Mi8 dura mais. E o modo economia de energia da Xiaomi também é melhor.


Tela, depois de usar o LG G6 uma tela 2k com HDR 10 e Dolby Vision, foi difícil me acostumar com a IPS “simples” do P20. Agora com o Mi8 e sua tela Super Amoled, não tenho problemas com ela… O que mais gosto nela, é o tamanho, mesmo tendo mais de 6 polegadas ele tem o mesmo tamanho de um Smartphone 16:9 de 5.5”.
Desempenho, usando Snapdragon 845 e 6gb de RAM, não existem jogos que tenham dificuldade para rodar, também não existe problemas ao usar vários apps na multitarefa.

 

Desbloqueio facial e por impressão digital, o desbloqueio 3d, não funciona se você colocar a região “Brasil”, muitos recomendam mudar para “Índia”, mas a bateria piora bastante. Então, eu recomendo mudar para “Hong Kong”, tirando este ” problema” funciona muito bem e em baixa luz funciona até melhor que em locais bem iluminados.

A digital funciona muito bem, melhor que LG G6 e P20 por exemplo.
O principal problema é o microfone e a falta de P2… 
Outro “problema” é que apesar de suportar Quick-Charge 4.0 vem na caixa com carregador Quick-Charge 3.0

 

Fonte: Pedro Osório (Portal TecDuos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui